Current Date:novembro 29, 2021

Em entrevista, Edvin Ryding, de “Young Royals”, fala sobre seu personagem na série, ansiedade e mais

No último domingo (5), o ator Edvin Ryding, intérprete do príncipe Wilhelm na série da Netflix, Young Royals, participou de um programa sueco chamado Nyhetsmorgon, onde ele chegou a falar um pouco sobre como foi a construção de seu personagem e sobre como lidou e ainda lida com crises de ansiedade e pânico.

Sobre o personagem dele: Na série, Wille, como é chamado carinhosamente por seus colegas de escola.  é non labeled, e Edvin chegou a falar sobre isso, “Eu acho que é bom que também estamos representando pessoas que não colocam um nome em sua sexualidade. Eu acho legal que mostramos que isso também é possível. Você não deveria ser obrigado a colocar um nome em sua sexualidade. Isso é algo da sociedade, que todo mundo tem que um tipo de nome para si. Tipo, eu sou hétero ou eu sou homossexual ou bissexual, ou trans ou o que for. Mas também é ok não saber. Eu me sinto honrado em poder representar isso”.

Sobre ele ter tido a chance de ajudar a criar seu personagem: Edvin chegou a escrever em varias folhas de papel seus pensamentos sobre seu personagem, e no programa ele contou sobre como foi isso, “Como você disse, eu tive muita inspiração tanto da minha vida e experiências quanto dos meus amigos. Mas uma coisa da qual eu peguei muita inspiração foi da minha própria experiência com ansiedade, que eu implementei no Wilhelm. É algo que eu acho com que muitas pessoas tem dificuldades, especialmente quando se é jovem. De vez em quando você não se sente bem e está tudo bem. Na verdade, eu tive muita ajuda da minha ex namorada em começar a falar com uma psicóloga, e isso tem ajudado muito. Eu recebi dicas de como lidar com a ansiedade e ataques de pânico, e isso tem sido algo que tem me ajudado também como uma ferramenta quando estou atuando. Agora, com o Wilhelm, por exemplo”.

Ele continuou sobre como tem sido para ele lidar com a ansiedade: “Alguns dias são piores que outros, e também tem momentos em que vem e vai, mas eu quero falar que por conta disso eu tenho falado com uma psicóloga e pedi ajuda. Tenho recebido muito apoio da minha família e dos meus amigos e conseguido lidar com isso. Mas claro que isso me afeta.”

Sobre ser uma pessoa muito reflexiva: “É um pouco difícil, porque você não precisa pensar tanto em algumas coisas. Se eu reflito muito sobre algo pode se tornar um ‘overthinking’, e pode ser difícil porque pode tomar conta da sua mente, e eu não consigo focar no que é importante. Claro que é importante ser reflexivo de vez em quando, mas você precisa aprender a filtrar as coisas, o que é importante e o que não é”.

É possível assistir a participação de Edvin no programa por aqui.

 

Você pode assistir Young Royals na Netflix. Ainda não se tem informações sobre uma segunda temporada, mas não apenas os fãs, como o elenco e equipe querem muitos. Só depende da dona Netflix decidir renovar.