Current Date:abril 11, 2021

OFF ENTREVISTA: Jhay Cortez fala sobre o hit “No Me Conoce”, sucesso na carreira, Brasil e próximos passos

Durante sua recente passagem pelo Brasil, conversamos com o porto-riquenho Jhay Cortez. Confira!

Jhay Cortez é um dos nomes mais notáveis da música na atualidade. O porto-riquenho descobriu cedo sua paixão pela música, quando tinha apenas 11 anos, assim começou a rascunhar suas primeiras canções. Cinco anos depois, deu os primeiros passos em sua carreira, porém somente aos 22 que a sua conexão com a indústria fonografia se estreitou.

Agora com 26, Jhay Cortez já desfruta de uma carreira sólida e reconhecida no ramo musical, e não apenas por seus vocais, mas também devido as suas composições. O jovem está por traz de diversos sucessos de artistas renomados como Otra Cosa de Daddy Yanke, Criminal de Ozuna e Natti Natasha, RLNDT de Bad Bunny, No Es Justo de J Balvin e Zion & Lennox, além dos sucessos bilíngues I Like It de Cardi B e I Can’t Get Enough de Benny Blanco. Seu talento para escrever músicas foi reconhecido cedo, aos 18 anos, Cortez recebeu seu primeiro Grammy Latino pelo trabalho em Invencible, álbum do seu conterrâneo Tito El Bambino.

Em maio deste ano, Jhayco lançou seu primeiro álbum Famouz, o qual conta com o remix de No Me Renoce, parceria com J Balvin e Bad Bunny. O disco e a faixa são sucessos inegáveis, a nova versão da canção mantém até o momento um lugar nas importantes paradas As 50 mais tocadas do mundo do Spotify, Billboard Hot 100 e Top Latin Songs. Colhendo os frutos do seu bom trabalho, Jhay Cortez pousou no Brasil na última semana para uma participação no DVD, Levada do gigante, de Léo Santana. Durante sua rápida estadia tivemos a oportunidade de conversar com o artista sobre o disco, sucesso, trabalho e próximos projetos, confira a entrevista completa:


OFF: Você lançou recentemente seu primeiro álbum Famouz, e desde então é um grande sucesso. Você esperava essa repercussão tão positiva? Como você avalia esse trabalho?

Jhay Cortez: Não esperava, eu já vinha trabalhando muito. Obviamente sendo o primeiro disco isso te causa uma grande emoção. Mas não esperava tanto, apenas tinha uma meta e um sonho de chegar a fazer algo muito grande. Graças a Deus tudo isso aconteceu comigo.

OFF: Como foi a produção e processo criativo de Famouz?

JC: Foi algo muito rápido, bem rápido e foi muito divertido. Claro que foi complicado fazer o disco em pouco tempo, porém me diverti muito. Eu gosto muito de estar no estúdio mais do que festejar, mais do que qualquer coisa gosto de estar lá, passar o meu tempo fazendo o que curto e me divertir enquanto faço isso. Graças a Deus tivemos esse resultado.

OFF: Não posso deixar de perguntar sobre o hit, o remix de No Me Conoce, são milhões de views e de stream. Como surgiu essa colaboração com J Balvin e Bad Bunny? São amigos?

JC: Sim! Eu e Balvin temos uma relação muito boa, já havíamos trabalhado em muitas e muitas coisas. Ele apresentou a música para o Bad Bunny já que estávamos trabalhando em OASIS (álbum de Bad Bunny e J Balvin) e graças a Deus conseguimos nos reunir.

OFF: Você imaginava que essa colaboração teria tanto sucesso?

JC: Não, Não! Não tanto assim! Obviamente estão Bad Bunny e Balvin que são gigantes e as pessoas gostam muito dessa combinação, porém tanto sucesso como o remix teve, eu não esperava.

OFF: Você é um artista jovem e já possui uma carreira de muito sucesso, com números gigantes e grandes colaborações no seu histórico. Como é ver o seu trabalho ser reconhecido e aprovado ao redor do mundo?

JC: É bem satisfatório! Muita satisfação e mais pressão, porque a gente tem que trabalhar muito mais para manter isso. Porém, estou feliz de fazer o que gosto, trabalhando e aproveitando estar fazendo tudo o que adoro. Estou vivendo um sonho.

OFF: Você também tem um carreira de sucesso como compositor, inclusive sendo ganhador do Grammy Latino. O que costuma te inspirar na hora de escrever canções?

JC: O momento, o ambiente, as coisas ao meu redor, a família, as festas e as garotas.

OFF: Como foi ganhar o Grammy Latino?

JC: Foram dois prêmios (Invencible e Vibras, álbuns de Tito El Bambino e J Balvin, respectivamente) e foi um momento bom, me senti muito bem. Agora quero focar no meu e seguir trabalhando. Mas o prêmio é claro é que algo a mais na carreira, jamais esperava.

OFF: Você veio ao Brasil para gravar com o Léo Santana. É a sua primeira vez no Brasil? Como está a sua expectativa?

JC: Sim! Esperava um pouquinho mais de sol (risos)! Mas estou gostando bastante, não tive muito tempo de sair por aí, pois chegamos ao hotel, descansamos e fomos direto trabalhar, porém espero que eu consiga ver um pouco mais do Brasil amanhã.

OFF: Como foi trabalhar com o Léo Santana? Você tem vontade de colaborar com outros artistas brasileiros?

JC: Sim! Eu gosto de trabalhar com pessoas que fazem boa música, trabalham com o coração. Estou feliz de estar aqui, adorei. Então fiquei contente de ter sido lembrado e de terem levado em consideração a minha música. Gostei muito!

Gracias Brasil 🇧🇷 por el cariño a Léo Santana por la invitación y tambn a Anitta que siempre apoya 🙏🏻 nos vemos pronto de nuevo

Posted by Jhay Cortez on Saturday, August 17, 2019

OFF: Você conhece um pouco da música brasileira?

JC: Já escutei e gostei muito. Ouvi há muito tempo, porém lembro que escutei um pouquinho de funk e curti. Então já estou familiarizado, não muito, mas um pouquinho.

OFF: Quem sabe no futuro podemos ouvir um funk seu.

JC: Claro! Sim! Estamos trabalhando para isso!

OFF: Quais artistas te inspiram musicalmente? O que você gosta de ouvir?

JC: Eu gosto muito de escutar reggae, adoro reggae, Cultura Profética é uma das minhas bandas favoritas. Gosto muito de salsa e curto muito o reggaeton também.

OFF: Você já tem possui colaborações de peso. Ainda sonha em fazer parceria com algum artista?

JC: Sim! Eu gostaria de trabalhar com inúmeros artistas, adoraria fazer colaborações com Daddy Yankee, Bad Bunny, Wisin y Yandel, The Weeknd, Drake, Travis Scott, a lista é longa.

OFF: Quais são os seus planos para 2019?

JC: Muita música nova, muitos vídeos novos, disco novo, quero fazer mais shows e aprimorá-los também para decolar ainda mais, mais colaborações e seguir trabalhando forte, sem parar!

OFF: Teremos um novo álbum em breve?

JC: Já! Sim, um disco novo! Não vou parar nunca, não vamos descansar (risos)!

OFF: Podemos esperar mais um remix grandioso e mais colaborações?

JC: Claro que sim! Óbvio! Estamos trabalhando com tudo isso, estou feliz e ansioso para lançar música nova.

OFF: Para finalizar, envie um recado para os seus fãs brasileiros.

JC: Estou muito feliz de estar no país de vocês, com sua gente maravilhosa. Podem esperar muitas coisas minhas, colaborações com artistas aqui do Brasil e muita música nova.


Continue acompanhando o Jhay Cortez:

Instagram | Facebook | Twitter | Youtube | Spotify


Reportagem: Victória Lopes

Colaboração: Matheus Fabbris e Katielly Valadão