Current Date:abril 10, 2021

Shawn Mendes fala sobre a pressão da fama e como isso o impactou de forma negativa

Não precisamos fazer muito esforço para pensarmos em nomes de pessoas pública que viveram e ainda vivem, em alguns casos, o lado negativo da fama e da pressão que sentem por serem vistos como perfeitos. O resultado disso acaba sendo, entre outros, o fato do artista se cobrar tanto que chega a ter medo de receber respostas negativas sobre seu trabalho, e consequentemente achar que não é mais talentoso o suficiente.

E com o cantor Shawn Mendes infelizmente não foi diferente. O canto não só chegou muito perto de cair nessa espiral, como viveu parte disso. Em uma entrevista ao site britânico The Guardian o cantor falou sobre a pressão da fama e ansiedade que viveu no ano passado.

“Eu tive um momento no final de Janeiro em que meu corpo não me permitia cantar. Eu não conseguia cantar fisicamente por conta da ansiedade que eu tinha em ter que ter um álbum de sucesso. O medo me sufocou e literalmente me impediu de conseguir cantar. (…) Eu realmente me senti mal. (…) Eu comecei a cantar músicas na frente de um público mundial ao 15 anos. Eu estava na estrada por 7 anos direto e eu fazia muito sucesso, muitas músicas hit, muitos motivos para as pessoas me idolatrarem e pensarem que eu era ótimos, e muitos motivos para que eu também achasse isso.”

Quando questionado pelo jornalista se ele, Shawn, se achava bom, o cantor foi mais honesto ainda.

“É aí que as coisas ficam estressantes. Toda essa idolatração, esses elogios e todo esse sucesso estava se transformando em um grande monstro que estava devorando minha auto-confiança porque, se qualquer pessoa falasse que eles não tinham gostado da minha música, do nada eu sentia que eu não valia a pena. E é isso que acontece quando você conecta quem você é com o que você faz.”

Em seu último álbum de estúdio, ‘Shawn Mendes – The Álbum’, o cantor chegou a compartilhar um pouco sobre a sua relação com ansiedade, em ‘In My Blood’ e, além de ‘Wonder’ também tocar no assunto, o cantor tem sido cada vez mais honesto sobre o estresse e a ansiedade que ele viveu e que ainda sente sobre sua vida profissional, mas que com a ajuda da meditação, alguns livros sobre o assunto e terapia as coisas estão melhorando.