Current Date:julho 5, 2022

Skank se despede de Florianópolis com casa cheia e público engajado

Banda mineira passou pela capital catarinense nesta sexta-feira (13).

Chegou a vez de Florianópolis dizer adeus ao Skank. Samuel Rosa, Henrique Portugal, Lelo Zaneti e Haroldo Ferretti se apresentaram com a Turnê Da Despedida nesta sexta-feira, 13, na casa de eventos Stage Music Park.

Para abrir os trabalhos da noite, a atração local Acústico Vegas esquentou a plateia com covers de faixas brasileiras famosas que elevaram o nível de animação dos presentes. Com o espaço cheio e a expectativa alta, os mineiros assumiram o palco três minutos passados da meia-noite.

“Vamos tentar retribuir no palco, em forma de música, obviamente sintetizando a história dessa humilde banda de 30 anos de estrada, que não existiria, não teria importância, a mínima relevância, se não fossem vocês. A gente tem experimentado uma sensação muito diferente depois que anunciou que fecharia um ciclo, daria um tempo. Ao mesmo tempo que tem uma comoção, também tem uma forma de celebrar a nossa história, o que somos nós, além dela, que é o nosso património construído junto com vocês”, discursou Rosa.

Comemorar três décadas de trajetória em apenas 2h12 parece um desafio. Como encaixar o essencial, o que mais marcou dentro de um curto espaço de tempo? Como resumir uma discografia que é referência do rock nacional? Complicado, porém viável. O grupo escolheu a dedo 28 sucessos que embalaram a trilha sonora da vida de muitos. A setlist fluiu entre canções sentimentais e faixas vibrantes, que tiraram a audiência do chão, arrancaram aplausos e, principalmente, foram cantadas em coro. Confira a lista de músicas abaixo:

  1. Dois Rios
  2. É Uma Partida De Futebol
  3. Esmola
  4. Pacato Cidadão
  5. Amolação
  6. Uma Canção É Pra Isso
  7. É Proibido Fumar
  8. Saideira
  9. Canção Noturna
  10.  Ainda Gosto Dela
  11. Amores Imperfeitos
  12. Balada do Amor Inabalável
  13. Ela Me Deixou
  14. Jackie Tequila
  15. Te Ver
  16. Acima do Sol
  17. Três Lados
  18. Vou Deixar
  19. Garota Nacional
  20. Chega Disso!
  21. Esquecimento
  22. Sutilmente
  23. Algo Parecido
  24. Vamos Fugir
  25. Resposta
  26. Ali
  27. Tanto (I Want You)
  28. Tão Seu

Em sua performance na capital catarinense, o quarteto foi impecável, dominou o palco com o talento vocal e instrumental que tornou-o icônico nos quatro cantos do país e manteve sua relevância até os dias atuais. Skank ocupou perfeitamente seu papel de estrela da noite, enquanto a plateia soube ser sua coprotagonista, acompanhando em uníssono. A atitude impressionou Rosa. Sem palavras, eu não tenho palavras”, elogiou emocionado.

A gratidão e o afeto pelo público foram transmitidos em cada breve interação entre um hit e outro. “Foram 30 anos de muita cumplicidade. A gente vai tentar recompensar aqui, vai ser quase uma missão impossível (risos) tamanho carinho por tanto tempo. Em Floripa guardamos grandes boas memórias. Não só por Florianópolis, mas por todo o estado de Santa Catarina, posso dizer para vocês que foi, talvez, o primeiro estado brasileiro, depois de Minas Gerais, que a gente começou a ser alguém”, contou o frontman aos espectadores.

Com a promessa de um possível retorno até o fim da tour, em dezembro, o ‘tchau’ do Skank a “querida Florianópolis”  como se referiu o vocalista à cidade  foi agridoce, com sabor imediato de saudade. Despedidas não são fáceis, mas a banda soube afastar a tristeza do momento, deixando-a chegar nos fãs apenas quando as luzes se acenderam.

Qualquer admirador da boa música brasileira não deve perder a oportunidade de assistir o grupo interpretando seus clássicos juntos pela última vez. Confira as datas da Turnê da Despedida clicando aqui.


REPORTAGEM: Victória Lopes

FOTOGRAFIA/VÍDEOVictória Lopes e Mayara Souto